O Menino Nemo na Terra dos Sonhos #29: Operação Condor

Clique na imagem para Visualizar no issuu

 Esta página marca o abandono total do autor pelo texto descritivo da tira. Aqui Winsor Mccay ou percebeu que era desnecessária a descrição dos eventos da página, ou se convenceu de que já tinha educado os leitores do New York Herald sobre como ler suas páginas de quadrinhos. Ainda assim, o abandono não foi total, uma vez que o autor ainda insere textos explicativos sobre os eventos dos quadrinhos, disfarçados como relatórios dos arautos do rei Morpheus sobre o paradeiro do menino. Mas em breve até mesmo isso irá desaparecer de vez.

O Menino Nemo na Terra dos Sonhos #22: O Guarda do Amanhecer

Clique na imagem para visualizar no issuu

 Winsor McCay decide à partir desta página remover o texto que acompanha cada quadro, inserindo um resumo dos eventos da tira no primeiro quadro da página. Eu particularmente não gosto nem um pouco deste formato, e aparentemente o autor percebeu que é pouco funcional, uma vez que este resolve abandonar de vez o texto que acompanha os quadros pouco tempo depois.

O menino Nemo na Terra dos Sonhos #01

Esta é a primeiríssima página de Little Nemo in Slumberland publicada em 15 de outubro de 1905.

Como a tira era publicada em uma pagina de jornal muito grande, é difícil ler a página, então para uma melhor visualização cliquem na imagem para ir ao issuu, um site específico para leitura deste tipo de material.

clique para visualizar no issuu

Logo nesta primeira página Winsor Mccay dá início ao que viria a ser a fórmula prototípica da maioria das tiras posteriores desta obra. O menino Nemo é, nesta primeira fase , desperto de seu sono por algum emissário do rei Morpheus que quer mostrar para ele o caminho certeiro para chegar ao Reino dos Sonhos.

O tal caminho acaba sempre por oferecer alguma dificuldade que está além da capacidade do pequeno Nemo, e este acaba sempre em alguma situação difícil e improvável, abrindo o berreiro em terras desconhecidas e querendo voltar para casa.